segunda-feira, 13 de agosto de 2018

MANIFESTO CONTRA O DENOMINACIONALISMO

         
       
        Infelizmente o Protestantismo encontra-se dividido em diversas denominações e, essas, por sua vez, continuam a se proliferar, como células em constante processo de multiplicação. O objetivo deste texto é questionar o denominacionalismo e reafirmar a unidade da Igreja Visível. O denominacionalismo esconde a verdade de que os cristãos evangélicos tem muito mais coisas em comum do que parece.

sábado, 16 de junho de 2018

ABORTO: REFLEXÕES FILOSÓFICAS, POLÍTICAS E TEOLÓGICAS


NATHAN FALCUCCI

      O texto que se segue é de autoria de meu amigo e irmão em Cristo, Nathan Falcucci. Agradeço a Deus pela graça de conhecê-lo e pelo modo especial que Deus o tem usado para ensinar e transmitir as verdades do Evangelho, bem como para desmascarar e refutar o erro:

A VISÃO BEHAVIORISTA DE HOMEM - UMA CRÍTICA CRISTÃ




       O Behaviorismo é a crença de que todos os comportamentos humanos são determinados pelo ambiente, pela genética e pela história de vida da pessoa. O Comportamentalismo não acredita em mente ou alma, nem em sentimentos no sentido de algo do “psiquismo”. Tudo para o Behaviorismo é comportamento determinado.

quinta-feira, 14 de junho de 2018

COMO REAGIR A INSULTOS?


David Mathis

       O antigo ditado “O que vem debaixo não me atinge” não está em sintonia com o ensino das Escrituras. Palavras podem machucar, mesmo quando enviadas por um perfil online desconhecido. Deus criou um mundo no qual as palavras são poderosas. “A morte e a vida estão no poder da língua” (Provérbios 18.21). E como o discurso público "abaixa de nível" na era digital, Deus não nos deixou sem um guia sobre como responder à dor quando somos perseguidos por palavras.

quarta-feira, 13 de junho de 2018

QUAL A DIFERENÇA ENTRE ''ÍDOLOS DE PROFUNDIDADE'' E ''ÍDOLOS DE SUPERFÍCIE''?



      Um dos motivos principais de não vencermos nossos pecados é que lutamos contra os ídolos de superfície e ignoramos os ídolos de profundidade. Pense em um exemplo fictício. José com 14 anos via pornografia porque “todo jovem da minha idade vê”, ele o fazia para se sentir parte “do grupo”, “seria tachado de gay pelos meus amigos se eu negasse ver vídeos pornográficos”. Eis um ídolo: pornografia.

segunda-feira, 11 de junho de 2018

DEVE O CRISTÃO SER CONTRA TODAS AS FORMAS DE FEMINISMO?


      Eu escrevi um artigo sobre submissão feminina (aqui), isso pode levar alguns a pensar que sou contra todas as formas de Feminismo. Isso não é verdade. Feminismo tem sido definido como a busca da igualdade entre homens e mulheres. Existem diferentes tipos de igualdade: social, espiritual, biológica, ontológica, etc. Considero legítimo a defesa da igualdade ontológica entre homens e mulheres, o que eu defendo no texto sobre submissão feminina.

INTRODUÇÃO À FENOMENOLOGIA



      O objetivo deste artigo é fornecer uma Introdução à Fenomenologia seguindo em linhas gerais o que fez Angela Bello em seu livro com esse título. Fenomenologia é a investigação racional (logos) dos fenômenos. Portanto, é necessário em primeiro lugar definir o que é o fenômeno. Em seguida, resumir o método e por fim fornecer um pequeno glossário com alguns termos filosóficos básicos.

sábado, 9 de junho de 2018

COMO LIDAR COM CRÍTICAS DE MANEIRA SÁBIA?


 Por: Ernie Baker


       Sejamos sinceros: ninguém gosta de ser criticado. Davi vivenciou bem essa experiência:

“Eles afiam a língua como espada e apontam como flechas, palavras envenenadas.” – Salmos 64.3

sexta-feira, 25 de maio de 2018

ACONSELHAMENTO NOUTÉTICO PARTE 5 = PROBLEMAS SEXUAIS



Este é o último artigo na tentativa de resumir num "guia prático" em 5 artigos as principais orientações de Jay Adams presentes no Manual do Conselheiro Cristão. Este artigo tratará da masturbação, dos problemas sexuais no casamento. Como disse, eu escrevo a partir do que li, antes do que da experiência, por isso, críticas são bem-vindas. 

ACONSELHAMENTO NOUTÉTICO PARTE 4 = COMO ACONSELHAR PESSOAS DEPRIMIDAS?

       Já considerei que depressão sem base orgânica é pecado, e não doença (aqui). Se for o caso de você, como conselheiro cristão, aconselhar alguém deprimido, cujo problema não seja de origem orgânica, segue algumas orientações práticas de como fazê-lo:

ACONSELHAMENTO NOUTÉTICO PARTE 3 = PROBLEMAS DE RELACIONAMENTO


       Este artigo tratará dos problemas de relacionamento. Será incluído também discussões relacionadas à ira, inveja e questões familiares de relacionamento. Este artigo foi escrito seguindo de maneira geral o que é apresentado por Jay Adams no manual do conselheiro cristão.

ACONSELHAMENTO NOUTÉTICO PARTE 2 = PROBLEMAS ESCOLARES




  
      O objetivo deste artigo é discutir a questão dos problemas escolares a partir da perspectiva do Aconselhamento Noutético tomando por base o Manual do Conselheiro Cristão elaborado por Jay Adams. Neste caso pensaremos como um educador cristão pode aconselhar seus alunos, o ideal era que a educação estivesse na mão dos pais no estilo, talvez, num estilo homeschooling. Não sendo este o caso, este artigo se direciona mais ao educador (professor) cristãos que aos pais.

ACONSELHAMENTO NOUTÉTICO PARTE 1 = PRINCÍPIOS BÁSICOS DE ACONSELHAMENTO BÍBLICO



Esta série de artigos consistirá em 5 artigos sobre Aconselhamento Bíblico baseado no Manual do Conselheiro Cristão de Jay Adams. O primeiro artigo (este) tratará sobre os Princípios Básicos de Aconselhamento Bíblico para lidar com Qualquer Caso. Os próximos artigos se concentrarão em problemas específicos, são eles: (2) problemas escolares, (3) problemas de relacionamento; (4) Depressão; (5) Problemas Sexuais. Eu sou uma pessoa que escreve a partir da leitura de livros de aconselhamento, antes do que da prática, assim a crítica de irmãos que tem experiência na área é bem-vinda.

quinta-feira, 24 de maio de 2018

REFUTANDO MARX PARTE 2 = A OBJETIVAÇÃO DO VALOR-USO DA MERCADORIA




       Karl Marx inicia sua obra O Capital com sua teoria objetivista do valor que é a raiz de todos os males de sua teoria. Segundo ele, o que determina o valor de uma mercadoria é a matéria. O material do qual é produzida, madeira, ouro, cobre, etc, define seu valor-uso. valor-uso inclui por assim dizer a "matéria-prima" da força do trabalhador, assim o valor de uma mercadoria é medida pela força de trabalho do proletário que foi gasta para produzir determinado produto: 

EXEGESE EM ROMANOS 13.1-5 = DOS DEVERES DO ESTADO



      O objetivo deste texto é fazer uma exegese de Romanos 13 a fim de pensar numa visão bíblica de política. Diante de tantas propostas políticas que vão desde o anarquismo até o socialismo, desde o comunismo até a teonomia, precisamos saber o que os dados bíblicos nos fornecem. É dever do cristão calvinista a defesa dos deveres e direitos políticos. Abraham Kuyper escreveu:

ÉTICA CRISTÃ E GREVE DOS TRABALHADORES



    
   O objetivo deste artigo é dizer de maneira clara e inequívoca que fazer greve é pecado. A menos que por impossibilidade, um cristão não pode fazer greve. A Bíblia é clara em admitir submissão do empregado ao empregador. O cristão trabalha para Deus, não para ter salários altos ou qualidade de vida. Quando faz greve, o cristão deixa claro que não está trabalhando para Deus, mas para si mesmo. E isso é pecado. Fazer greve é pecado.

UM ESTUDO DA PSICOLOGIA BÍBLICA XXII: O QUE É O HOMEM?

Rousas Rushdoony

     A questão “O que é o homem?” é tanto levantada pela Escritura quanto respondida na pessoa, obra e ressurreição de Jesus Cristo. O salmo 8, que levanta a questão, é um salmo messiânico segundo testemunha as Escrituras.

quarta-feira, 23 de maio de 2018

MISSIOLOGIA REFORMADA



        Este artigo foi escrito em conjunto com um irmão e amigo de Luanda na Angola. Suas contribuições teológicas para este artigo foram de grande relevância. Agradeço a David Prata por ter se disposto a contribuir para que nós, reformados, tanto aqui no Brasil, quanto na Angola, possamos pensar e viver missiologia como um calvinista deve viver.

REFUTANDO AS SEITAS PARTE 5 = IGREJA MÓRMON (SUD)





      As Testemunhas de Jeová , Adventistas do Sétimo Dia e mórmons formam o que chamamos de a “tríade de seitas para-evangélicas” (TAM). Já observei que qualquer religião que negue pelo menos uma destas doutrinas (Salvação pela graça somente, Trindade e Bíblia como Palavra de Deus – SBT) é uma seita ou religião falsa. Já refutei as seguintes seitas:

terça-feira, 22 de maio de 2018

ÉTICA CRISTÃ E O PROBLEMA ÁLCOOL E DROGAS



O uso de substâncias químicas que produzam algum tipo de alteração no humor, nas percepções, na consciência e nas sensações é praticamente um fenômeno historicamente universal. A humanidade, desde sua origem sempre fez uso de drogas, e é razoável presumir que possivelmente não existirá uma sociedade sem drogas, a exceção da Igreja no Paraíso Final (Apocalipse 21). 

UM CONTRASTE ENTRE A COSMOVISÃO CRISTÃ E A COSMOVISÃO SECULAR




       Cosmovisão é um conjunto de significados, teorias, narrativas e pressuposições que cada pessoa adota e que orienta o modo como ela vive no mundo. No final das contas, só existem duas grandes cosmovisões: a Cosmovisão cristã e a Cosmovisão secular (anticristã). Além disso, toda Cosmovisão responde a três perguntas básicas “De onde viemos?”; “Como devemos viver hoje?” e “Para onde vamos?” Mostrarei a resposta que cada uma das duas Cosmovisões dá a essas questões.

sexta-feira, 18 de maio de 2018

POR UMA TEORIA CRISTÃ DE EDUCAÇÃO PARTE II = CONTRA A ESCOLA DE EDUCAÇÃO CRÍTICA


         Hoje, a visão de Educação que domina as escolas brasileiras é a Escola Crítica ou Educação Libertária que tem influências de Paulo Freire, Anthony Gramsci, Theodore Adorno, Luria, Vygotsky e outros. Essa corrente de Educação é anticristã e deve ser combatida. 

quinta-feira, 17 de maio de 2018

POR UMA ARTE LEGITIMAMENTE CRISTÃ



          Quando olhamos para uma obra de arte, olhamos para as partes que compõem o todo ou para a coisa em si? Se vejo uma pintura, vejo a pintura em si ou as partes da pintura. Se minha resposta é a segunda minha experiência artística é inautêntica. É fragmentada. Não posso querer ver só uma mulher na Monalisa, nem mesmo números tentando achar a sequência de Fibonacci em sua face, nem tentar desvendar os mistérios da paisagem de fundo, nem o motivo do braço cruzado, nenhum fragmento é arte. É necessário deixar o Belo desvelar em si mesmo e por si mesmo na circunvisão, no espaço de abertura da contemplação da imagem.

quarta-feira, 16 de maio de 2018

DOS PECADOS SEXUAIS V - DO SEXO NÃO - REPRODUTIVO


      

   
       O objetivo deste último artigo é trazer uma discussão polêmica. Sexo sem fim de reprodução é pecado? O sexo, para um cristão deve envolver basicamente duas coisas:

segunda-feira, 14 de maio de 2018

LECIONÁRIO LITÚRGICO DA IGREJA DE ÉFESO


LECIONÁRIO DE CULTO DA IGREJA DE ÉFESO


PRELÚDIO – Efésios 1.1

Regente: Paulo, apóstolo de Cristo Jesus
Cultuantes= santos e fiéis em Cristo Jesus que estão em Éfeso.

A vocês, graça e paz da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo.

DOS PECADOS SEXUAIS IV - HOMOSSEXUALIDADE E NARCISISMO


         A questão da homossexualidade é muito delicada, mas a Bíblia Sagrada é  muito clara em condená-la como pecado grave:

‘Com homem não te deitarás, como se fosse mulher; abominação é;’
‘Por isso Deus os entregou à impureza sexual, segundo os desejos pecaminosos dos seus corações, para a degradação dos seus corpos entre si. Trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram e serviram a coisas e seres criados, em lugar do Criador, que é bendito para sempre. Amém. Por causa disso Deus os entregou a paixões vergonhosas. Até suas mulheres trocaram suas relações sexuais naturais por outras, contrárias à natureza. Da mesma forma, os homens também abandonaram as relações naturais com as mulheres e se inflamaram de paixão uns pelos outros. Começaram a cometer atos indecentes, homens com homens, e receberam em si mesmos o castigo merecido pela sua perversão. Além do mais, visto que desprezaram o conhecimento de Deus, ele os entregou a uma disposição mental reprovável, para praticarem o que não deviam.’

segunda-feira, 30 de abril de 2018

DOS PECADOS SEXUAIS III = FORNICAÇÃO E REVOLUÇÃO CONTRA O DOMÍNIO


     Existem diferentes sentidos para a palavra fornicação. Existe um sentido estrito. Fornicação estrita pode ser definida como o ato sexual no qual o homem solteiro penetra a vagina da mulher com o pênis.  Fornicação propriamente dita= todo ato sexual que envolve mais de uma pessoa e que envolve penetração, seja ela oral, anal ou vaginal. Por fim, existe a Fornicação latus senus se refere a todo tipo de imoralidade sexual, incluindo sensualidade, masturbação, pornografia, beijo com ejaculação antes do casamento, pedofilia, necrofilia, fetichismo, sadomasoquismo, ménage à trois, sodomia, incesto, pensamentos impuros, cobiça sexual, voyeurismo, frotterismo, dentre outros.

domingo, 29 de abril de 2018

O IMORTALISMO DE BRUNO SUNKEY X O ANIQUILACIONISMO DE LUCAS BANZOLI = UMA COMPARAÇÃO



      O objetivo deste artigo é comparar duas posições teológicas sobre o estado pós-morte e o estado final dos ímpios que existem dentro do Cristianismo. Serão apresentados os principais argumentos bíblicos de cada posição para que o leitor possa decidir-se entre uma das duas. A posição mais tradicional e popular do Cristianismo é o Imortalismo, cristalizado nas confissões reformadas, a posição oposta é o Aniquilacionismo, embora menos comum, foi e é adotado por alguns evangélicos, como Oscar Cullman e John Stott.

sábado, 28 de abril de 2018

POR UMA TEORIA CRISTÃ DA ECONOMIA PARTE I = PRINCÍPIOS BÍBLICOS BASE


  
     O objetivo desta série de artigos é tentar lançar as bases para uma Economia Cristã. Não se pretende, evidentemente, ser absoluto, são simples reflexões que podem ou não refletir a verdade, embora tentarei ao máximo ser rigoroso com ela. Já escrevi um artigo sobre os princípios bíblicos básicos de economia (aqui), então vou só reformá-lo.
      Os princípios básicos da Bíblia sobre Economia são:

sexta-feira, 27 de abril de 2018

DOS PECADOS SEXUAIS PARTE II: PORNOGRAFIA E DESPERSONALIZAÇÃO


       Desde a revolução tecnológica que espalhou a Internet pelo mundo, a Pornografia se tornou mais do que um problema privado, se tornou um problema social. Não é a questão mais de alguém envergonhado que escondido precisa ir comprar uma revista numa banca pública, ou alguém que precisa entrar numa sala de cinema e passar vergonha. É algo que eu posso fazer agora, onde eu estiver, basta eu pegar meu celular, abrir uma guia a anônima e pesquisar, não um tipo de pornografia que eu só acharia em um grupo limitado de revistas, mas o que eu quiser ver. De sexo soft a hard, de masturbação a orgias em grupo, de bestialidade a pedofilia, travestismo e sadomasoquismo, lesbianismo, pornô gay, sexo anal, oral e de formas inimagináveis. O mundo encantado do prazer sexual está a um clique da minha mão.

DOS PECADOS SEXUAIS PARTE I: MASTURBAÇÃO E EGOCENTRISMO



      O Cristianismo precisa falar de sexo e precisa deixar clara sua posição moral. A perspectiva cultural secular tende a criar uma dicotomia entre sexo e moral. O sexo não tem uma dimensão moral e só se torna um problema quando algo imoral se une a ele, como a violência. O Cristianismo, por outro, lado diz que o sexo em si mesmo é moralmente bom, uma criação de Deus, no entanto o uso errado da sexualidade é pecado. O objetivo desta série de artigos não é dizer que a sexualidade é um mal, pelo contrário, é dizer que a sexualidade, que é boa, não pode ser usada de modo errado e que desagrade a  Deus.

REFUTANDO MARX PARTE I: O QUE REALMENTE É O MARXISMO?


        O que é o Marxismo? O objetivo dessa série de artigos é refutar a teoria marxiana exposta no Capital. Para alguns, o marxismo é uma filosofia política, para outros uma Cosmovisão, outros o considerariam um método, alguns o chamaria de utopia, enquanto existiriam aqueles que o ironizariam como uma ideologia. Para o cristão, no entanto, o Marxismo é uma religião falsa, uma heresia redentiva ou ainda, uma falsa esperança escatológica. Por isso, assim como refutamos qualquer seita, devemos refutar o Marxismo, e é isso que esta série de artigos procurará fazer.

quinta-feira, 26 de abril de 2018

APRENDENDO SOBRE COSMOVISÃO COM STRANGER THINGS, GRAVITY FALLS E RICK AND MORTY


        O que há em comum entre séries como Gravity Falls, Stranger Things e Rick and Morty? Além de serem excelentes produções cinematográficas, essas séries trabalham muito bem a ideia de Cosmovisão. No entanto, antes de mostrar como elas fazem isso, é preciso explicar o conceito de Cosmovisão para prosseguirmos. 

sábado, 21 de abril de 2018

A DOUTRINA DA PERICORESE DIVINA

         A Igreja sempre orou a Deus Pai, ao Filho e ao Espírito Santo, bem como a Trindade toda. O que justifica que a prática comum da Igreja em todo tempo seja orar às três pessoas diretamente? Hoje vemos cristãos compondo hinos que se dirigem às três pessoas e uma boa Teologia não pode ignorar as verdades que emergem da prática comum e natural dos cristãos. Além disso, o que Jesus quis dizer com “Quem vê a mim vê o Pai” ou ainda "Eu estou no Pai e o Pai está em mim”? O que essas palavras misteriosas revelam? Além disso, que unidade é essa que faz Jesus dizer que quem crê nele, crê no Pai e quem honra o Filho está honrando o Pai. Tais expressões foram interpretadas pelos hereges para justificar o modalismo. Mas se o Modalismo é uma heresia, que tipo de unidade na Trindade quis nosso Senhor ensinar com essas palavras?

quarta-feira, 18 de abril de 2018

QUE HÁ DE ERRADO COM O CONCEITO DE DOENÇA MENTAL?

           O objetivo deste artigo é tentar refletir sobre uma questão polêmica que é o problema da "doença mental" e tentar pensar em uma forma cristã de olhar esse fenômeno humano. A loucura, para o Cristianismo, tem uma explicação simples. Todos nós nascemos em um mundo problemático. Deus criou o mundo perfeito, mas com a entrada do pecado na Criação, as coisas ficaram “meio desorganizadas’’. Assim é, em certo sentido, natural que alguns enlouqueçam nesse mundo de pecado, enlouqueçam a tal ponto que isso lhes prejudique o contato social e os faça sofrer. No entanto, é possível também que algumas pessoas sejam tidas por “loucas” por pensarem diferente de todo mundo. Há quem considere, por exemplo, o Calvinismo uma forma de Transtorno Obsessivo Compulsivo e Freud considerava a religião uma forma de neurose. A questão é: a loucura é uma doença mental ou um fenômeno natural em um mundo de pecado?

segunda-feira, 16 de abril de 2018

A IGREJA VISÍVEL COMO MÃE DOS FIÉIS

       Ninguém pode ter Deus por Pai se não tiver a Igreja por Mãe. Essa frase pode ser muito mal interpretada se entendida por óculos romanistas, no entanto, quando compreendida de forma correta, ensina uma verdade especial sobre como devemos ver a Igreja, não só a Igreja invisível, mas também a Igreja Visível e organizada. Deus estabeleceu na Terra, não só a Igreja Universal, mas estabeleceu uma organização visível com ministros devidamente ordenados. Essa Igreja é nossa Mãe e pecamos se dela nos afastarmos.

quinta-feira, 12 de abril de 2018

12 RAZÕES PELAS QUAIS DEUS ODEIA A MENTIRA


      Paul Tautges.

       Decepção, de uma forma ou de outra, faz parte da vida de muitas pessoas em nosso mundo atual. No entanto, para grande vergonha da igreja, muitos cristãos continuam a ceder à tentação de mentir na sua caminha de vida. O que Deus pensa disso? Provérbios 6.19 inclui na lista de coisas que Deus odeia: “testemunha falsa que profere mentiras’’

terça-feira, 10 de abril de 2018

SEU CORAÇÃO DIZ TUDO SOBRE VOCÊ


Lucy Moll.

Seu coração revela seus desejos mais profundos.
       Se você quiser entender a si mesmo, seu cônjuge, seu filho ou alguém, você precisa entender o coração deles da melhor maneira possível.

UMA ANÁLISE REFORMADA DO FUNK MIRIM


       Eu já fiz uma análise reformada panorâmica e geral das músicas que fazem e fizeram sucesso no Brasil na contemporaneidade (aqui). O objetivo deste artigo é analisar mais particularmente um fenômeno musical específico, que é o chamado Funk Mirim. Para tal, será tomado como exemplo para análise o funkeiro mirim Mc Brinquedo. A ideia é mostrar como o Funk mirim está associado a revolução sexual, como ele destrói a ideia vitoriana da inocência infantil, colocando em evidência a doutrina reformada do pecado original e como o funk mirim é uma forma de idolatria.

segunda-feira, 9 de abril de 2018

EM DEFESA DA REPÚBLICA


        O objetivo deste artigo é fazer uma defesa cristã da República em sua forma democrático-representativa. Muitos hoje, ante o fracasso da social-democracia, têm defendido desde ditaduras, sejam elas de direita ou esquerda, até um retorno a monarquia. Diante disso, é necessário, mais do que nunca fazer uma defesa do Estado democrático.

sábado, 7 de abril de 2018

POR UMA TEORIA CRISTÃ DA SEXUALIDADE HUMANA


       O objetivo deste artigo é refletir sobre as diferentes teorias seculares de sexualidade humana e pensar numa Teoria Cristã da Sexualidade. Para isso, este artigo abordará questões como: ‘O que determina o desejo sexual?’, ‘Homossexualidade é uma questão de nascimento ou não?’ ‘O desejo sexual é imutável ou fluido?’ e ‘Qual o padrão bíblico de sexualidade?’

sexta-feira, 6 de abril de 2018

QUAL É A CAUSA DO SEU SOFRIMENTO?

  Quando o sofrimento nos alcança, nós naturalmente - instintivamente - queremos saber quem ou o que o causou. A resposta a essa pergunta geralmente afeta a forma como reagimos à dor. Nós nos concentramos imediatamente nas causas óbvias. Para uma doença, pensamos sobre o que deu errado com a bioquímica do nosso corpo. Depois de um acidente, visitamos e revisitamos o que aconteceu, como aconteceu e de quem foi a culpa. 

terça-feira, 3 de abril de 2018

EXEGESE MATEUS 16.13-19: PEDRO, A PEDRA


      Esta é uma das minhas passagens favoritas. Gosto muito da história de Pedro. Este é um texto polêmico e ao mesmo tempo rico. A Igreja de Roma usa essa passagem para defender a heresia do papado, sendo importante considerá-lo. No entanto, ao reagir à interpretação romanista, alguns protestante exageram em dizer que este texto não pode de forma alguma estar falando de Pedro como a Pedra. Eu creio que este texto ensina ao mesmo tempo que Pedro é a pedra, sem ensinar a heresia romana do papado. Além do mais, o texto também me parece ensinar a analogia fidei, lançando por terra toda a heresia romanista.

sábado, 31 de março de 2018

BREVE HISTÓRIA DA IGREJA


        Geralmente se conta a História da Igreja do ponto de vista dos eventos históricos relacionados ao contexto histórico-cultural e sócio-político pelo qual viveu a Igreja desde a patrística até a Modernidade. Eu não tiro a validade desse tipo de narrativa, mas creio ser importante também um outro tipo de narrativa histórica da Igreja, uma narrativa Aliancista. O cristão deve ver a Igreja como tendo uma História enquanto um Corpo que se desenvolve teologicamente e que também se aperfeiçoa em santidade. O objetivo desse artigo é apresentar uma breve História da Igreja em seu desenvolvimento teológico-moral e de um ponto de vista essencialmente Aliancista.

terça-feira, 27 de março de 2018

POR UM MÉTODO HERMENÊUTICO REFORMADO E ORTODOXO

        Este artigo visa propor um método hermenêutico para interpretação das Escrituras legitimamente reformado. Depois do Pressuposicionalismo, tanto o método histórico-crítico quanto o método histórico gramatical literalista se mostram insuficientes na Teologia Reformada. Os calvinistas devem recusar qualquer método de interpretação bíblica que leve à neo-ortodoxia e ao liberalismo, mas também precisa rejeitar os métodos literalistas dos dispensacionalistas. Nesse sentido, afirmando a crença ortodoxa na inerrância bíblica e a exigência de uma hermenêutica legitimamente Aliancista, este artigo pretende propor um método de interpretação que pode ser chamado de “método-histórico-gramático-teológico”.

UMA ANÁLISE REFORMADA DA MÚSICA CONTEMPORÂNEA

       O objetivo deste artigo é fazer uma análise reformada das músicas nacionais e internacionais, religiosas e seculares, que fizeram e fazem sucesso no Brasil no período dito “pós-moderno”. Primeiro será preciso contextualizar a abrangência de tal período histórico antes de analisar a letra das músicas à luz das Escrituras sob as lentes da Fé Reformada. Não se pretende dizer que os músicos sempre  intencionalmente fazem música para atender aos anseios culturais, mas que elas traduzem um zietgeist.

segunda-feira, 26 de março de 2018

REFUTANDO AS SEITAS PARTE 4: CATOLICISMO ROMANO

         Alguns protestantes consideram a Igreja Católica Apostólica Romana como uma igreja cristã devido à sua unidade trinitária clássica com os protestantes e propõe um aberto diálogo ecumênico com ela. Segundo alguns, não podemos considerar a Igreja de Roma uma seita porque o Catolicismo crê na doutrina da Trindade, na universalidade do Corpo de Cristo, na santidade da Igreja e na fé apostólica. No entanto, como já observado em artigos anteriores sobre as seitas, o trinitarianismo não é o único critério para se decidir se uma organização religiosa é sectária ou não.

segunda-feira, 19 de março de 2018

O QUE É O CALVINISMO?

              O Calvinismo é a resposta de Deus ao Mundo. É a chave para a correta interpretação da Realidade, não só no sentido de ser a ela equivalente, mas de falar da realidade tal qual ela é. Ele é a Realidade, em certo sentido. O Calvinismo é Deus falando ao mundo.  Não há diferença alguma entre o que os calvinistas dizem, quando falam da verdade, e o que a realidade diz, entre o que Deus diz e entre o que a Bíblia fala. O Calvinismo é a Voz de Deus na Terra. Mas mais do que isso, o Calvinismo é a exata exposição e sistematização da Doutrina Cristã.

segunda-feira, 12 de março de 2018

A RELIGIÃO DO HOMEM CAÍDO

    Rousas Rushdoony.

       Visto que o homem foi criado por Deus, ele não pode fugir do  propósito criativo da Divindade. Mesmo em sua rebelião e em toda a sua ação revolucionária, o homem manifesta os propósitos de Deus, por mais que possa deformá-los. O homem busca criar um paraíso, exercer domínio, aumentar seu conhecimento e, de muitas outras formas, manifesta os aspectos da imagem de Deus nele que o governam em sua cultura e sociedade. Entre esses aspectos da cultura do homem que revelam o propósito de Deus, está a religião. Como o homem foi criado para glorificar a Deus e gozá-lo para sempre, ele não pode fugir do fato de que ele é uma criatura religiosa. No estado de depravação, no entanto, o homem busca uma fé religiosa à parte de Deus e em hostilidade a Ele.